Com medo da inflação Banco Central anuncia nova medida para conter o dólar

Com medo de alta da inflação diante da valorização intensa do dólar o Banco Central reverte restrição adotada desde julho de 2011.

A partir de quinta-feira, os bancos poderão assumir posições vendidas de até US$ 3 bilhões sem compulsório bancário.  Na regra atual era prevista penalidade a partir de US$ 1 bilhão.

Essa medida aumentará a liquidez do mercado cambial facilitando a compra de dólares.

Anteriormente o Governo objetivava aumentar a cotação do dólar para aumentar a competitividade do produto nacional no mercado externo e frente aos produtos importados no Brasil.

Fica evidente que o patamar dos R$2,10 no dólar é realmente o teto sob o ponto de vista da autoridade monetária.

Ductor Marcus

+20 anos no Mercado Financeiro possui MBA em Finanças com Ênfase em Mercado de Capitais, é Advogado Tributarista, Teólogo e Professor. Pode ser encontrado diariamente no Twitter publicando comentários relevantes sobre o Mercado Financeiro e das Criptomoedas. ---- AVISO --- Todo o conteúdo desse site baseia-se exclusivamente na opinião dos escritores não fazendo qualquer tipo de recomendação de investimento. Não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos ou incidentais), custos e lucros cessantes. --- Legislação --- Este site é mantido em conformidade com a Constituição Federal de 1988 no seu Art. 5°, IX : "É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;"

Deixe um comentário.