Estrangeiros retiram 20 bilhões e ultrapassam crise de 2008

Fluxo de investidores estrangeiros em 2019 é negativo em R$ 20.029,2 bilhões (dados até 16/08/2019), este valor é maior do que o retirado na crise do subprime em 2008. Naquela época foram retirados mais de R$ 16 bilhões. Em agosto de 2019 o fluxo é negativo em R$ 9.595,6 bilhões, lembrando que em julho o fluxo foi negativo em R$ 6.532,8 bilhões.

Somando julho e agosto já temos um fluxo de saída de capital estrangeiro na bolsa superior ao da crise subprime de 2008.

O que tem sustentado a alta da bolsa brasileira foi o investidor institucional e o pessoa física. Tem muita gente achando que os estrangeiros estão sendo bobos, leigos e que não tem a mínima noção do que pode acontecer na nossa bolsa se vier uma crise internacional.

 

Muita gente ignorando a relevância do fluxo estrangeiro, muita gente precisa do clima de euforia para gerar renda com seus negócios.

Está criada uma métrica muito perigosa, se o mercado fizer uma correção tendo como base a zona de consolidação, o alvo será traumatizante e muita gente pode abandonar o mercado.

 

 

 

– Ductor Marcus –

Inscreva-se nas minhas redes sociais.
Instagram CoachInvestimentos: https://instagram.com/coachinvestimentos
YouTube: https://www.youtube.com/user/DuctorMarcus
Canal Twitter: https://twitter.com/DuctorMarcus
FaceBook: https://www.facebook.com/momento.economico

Ductor Marcus

Advogado Tributarista, Teólogo e Trader com mais de 20 anos de experiência no Mercado Financeiro. Todo o conteúdo desse site baseia-se exclusivamente na opinião dos escritores não fazendo qualquer tipo de recomendação de investimento. Não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos ou incidentais), custos e lucros cessantes. Este site é mantido em conformidade com a Constituição Federal de 1988 no seu Art. 5°, IX : "É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;"

Contribua com o aperfeiçoamento deste site, deixe um comentário (SEU COMENTÁRIO PODE SER ANÔNIMO)