Banco do 3º homem mais Rico do México quer operar Bitcoin

O Banco Azteca pode ser a primeira empresa do setor financeiro a operar bitcoin de maneira formal em operações com a América do Norte.

Ricardo Pliego o terceiro homem mais rico do México quer colocar seu banco para operar Bitcoin, e inclusive sugeriu que os investidores deveriam compor as suas carteiras de investimentos com o Bitcoin.

Em 2020, Pliego revelou que 10% de seus ativos (uma fortuna avaliada U$15,8 bilhões) estavam aplicados em Bitcoins.

“Claro, eu recomendo o uso de bitcoin, e eu e meu banco estamos trabalhando para ser o primeiro banco no México a aceitar bitcoin”

 

 

 


 

 

Ductor Marcus

+20 anos no Mercado Financeiro possui MBA em Finanças com Ênfase em Mercado de Capitais, é Advogado Tributarista, Teólogo e Professor. Pode ser encontrado diariamente no Twitter publicando comentários relevantes sobre o Mercado Financeiro e das Criptomoedas. ---- AVISO --- Todo o conteúdo desse site baseia-se exclusivamente na opinião dos escritores não fazendo qualquer tipo de recomendação de investimento. Não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos ou incidentais), custos e lucros cessantes. --- Legislação --- Este site é mantido em conformidade com a Constituição Federal de 1988 no seu Art. 5°, IX : "É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;"

Deixe um comentário.