Notícia Internacional: Oi-Portugal, parte l’offensiva in Brasile, e ações sobem mais de 10%

Oi-Portugal, parte para a ofensiva no Brasil A.Ol.

Fonte em original Italiano – Usei o Google Translator para Traduzir sem fazer modificações.
http://www.ilsole24ore.com/art/finanza-e-mercati/2013-10-03/oiportugal-parte-offensiva-brasile-071412_PRN.shtml

O “campeão nacional” TLC Oi Brasil e Portugal Telecom, que já é seu maior acionista anunciou o casamento. Uma fusão que vai criar um novo grupo a partir do valor de 5,6 milhões de euros, com EUR 12,5 bilhões em receitas combinadas e 100 milhões de clientes. A sede será no Rio de Janeiro eo grupo será liderado pelo ex-CEO da lusitano incumbente, Zeinal Bava, ex-chefe da Oi a partir de junho.

“é a história que se repete na versão brasileira de tlc. Invadiram o país das tropas de Napoleão, o Tribunal de Lisboa mudou-se para os ricos colônia e alguns anos mais tarde para assinar a independência do Brasil, proclamandosene imperador, que era o rei afastado, João VI. A Portugal Telecom foi igual parceiro na primeira operadora móvel Telefonica Brasil, a Vivo. Em 2010, ele aceitou a oferta – financeiramente muito atraente – o espanhol para a sua participação na Vivo, reinvestindo parte do produto para detectar uma participação de 25% da Oi em março de 2011.

Notoriamente bem gerida, a Portugal Telecom coroa, hoje, com a fusão o sonho de se tornar um homem de liderança no mercado brasileiro mais rico. A transação envolve um aumento de capital em dinheiro pela Oi para um mínimo de 2,3 mil milhões de euros, enquanto que a fusão entre as duas empresas estão orçadas em uma economia de cerca de 1,8 bilhões de euros. Com este novo grupo vai ultrapassar o estado financeiramente de origem e pode aplicar-se a desempenhar um papel preponderante na consolidação do mercado brasileiro. Mesmo os jornais locais indicam a próxima presa: Tim Brasil, que é mantido para venda como resultado da passagem de perspectiva Telco à Telefonica espanhol, número um no Brasil. Aparentemente, a Oi já estava entre os candidatos para participar na partilha da operadora de telefonia móvel Telecom Itália, mas havia dúvidas sobre sua real capacidade de casar as ambições com restrições financeiras. Com a transação anunciada, a posição de “campeão nacional”, já bem apoiado politicamente, mas também fortalece ponto de vista financeiro.

O novo grupo será listado em São Paulo e na NYSE Euronext-. Oi é a primeira operadora de telefonia fixa do Brasil, com uma participação de 41% e 29% em banda larga mercado. Em vez disso, apenas o quarto no telemóvel com uma quota de 18,7%, atrás da Telefonica-Vivo, TIM Brasil (logo abaixo) e Claro-America Movil Carlos Slim. Portugal Telecom tem sublinhado que a fusão criará a operadora líder nos países de língua Português, com uma população total de cerca de 260 milhões, presente, bem como em Portugal e no Brasil, também em Angola e Moçambique. O anúncio foi atribuído a Bolsa de Lisboa (que faz parte da Euronext) empresa com uma chama de subida imediata lusitano de 20%, para refletir o ponto de vista das sinergias que, por si só, de acordo com analistas justificam um upside de 14%. A Oi também é espirrada na lista de St. Paul, ganhando 11%.

Ambas as empresas esperam concluir a fusão no primeiro semestre do próximo ano. A maior parte do novo grupo apresentará um relatório aos acionistas da Oi, enquanto os da Portugal Telecom irá relatar 38%.

Neste Momento OIBR4 com alta de 10,88% cotada em 3,88.
No centro de notícias DowJones também saiu a notícia de que Telefonica SA da Spain, Oi SA e Claro estão tentando comprar a TIM.

– Ductor Marcus –

 

 

– Ductor Marcus –

Inscreva-se nas minhas redes sociais.
Instagram CoachInvestimentos: https://instagram.com/coachinvestimentos
YouTube: https://www.youtube.com/user/DuctorMarcus
Canal Twitter: https://twitter.com/DuctorMarcus
FaceBook: https://www.facebook.com/momento.economico

Ductor Marcus

Advogado Tributarista, Teólogo e Trader com mais de 20 anos de experiência no Mercado Financeiro. Todo o conteúdo desse site baseia-se exclusivamente na opinião dos escritores não fazendo qualquer tipo de recomendação de investimento. Não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos ou incidentais), custos e lucros cessantes. Este site é mantido em conformidade com a Constituição Federal de 1988 no seu Art. 5°, IX : "É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;"

Contribua com o aperfeiçoamento deste site, deixe um comentário (SEU COMENTÁRIO PODE SER ANÔNIMO)