B3 cria Plataforma Digital para Ressarcimento de Prejuízos – MRP

A Bolsa de Valores B3 lançou uma Plataforma Digital para o Mecanismo de Ressarcimento de Prejuízos – MRP para assegurar o ressarcimento de até R$ 120 mil em prejuízos causados por corretoras na intermediação de operações em bolsa.

O MRP também cobre prejuízos decorrentes da intervenção ou decretação da liquidação extrajudicial de Participante pelo Banco Central Brasil. Nesse caso, é assegurado o ressarcimento do saldo em conta-corrente no encerramento do dia útil anterior à decretação da liquidação extrajudicial, desde que proveniente de operações realizadas no mercado de bolsa.

O investidor tem até 18 meses a contar da ocorrência do prejuízo para apresentar uma Reclamação ao MRP. O ressarcimento não é automático pois será feita uma análise do caso concreto com intuito de avaliar se estão presentes os requisitos fundamentais para o ressarcimento.
Por exemplo: ter evidências de prejuízo por ação ou omissão da corretora.

“Antes, o investidor apresentava sua reclamação ao MRP em papel, e toda a comunicação com a BSM era feita por meio de carta”, explica Marcos Torres, diretor da BSM

 

Toda a informação pode ser acessada pelo link:
http://www.bsm-autorregulacao.com.br/ressarcimento-de-prejuizos/como-funciona

 

Vídeo da B3 explicando como proceder na BSM I Tutorial MRP Digital

 

 

– Ductor Marcus –

Inscreva-se nas minhas redes sociais.
Instagram CoachInvestimentos: https://instagram.com/coachinvestimentos
YouTube: https://www.youtube.com/user/DuctorMarcus
Canal Twitter: https://twitter.com/DuctorMarcus
FaceBook: https://www.facebook.com/momento.economico

Ductor Marcus

Advogado Tributarista, Teólogo e Trader com mais de 20 anos de experiência no Mercado Financeiro. Todo o conteúdo desse site baseia-se exclusivamente na opinião dos escritores não fazendo qualquer tipo de recomendação de investimento. Não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos ou incidentais), custos e lucros cessantes. Este site é mantido em conformidade com a Constituição Federal de 1988 no seu Art. 5°, IX : "É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;"

Contribua com o aperfeiçoamento deste site, deixe um comentário (SEU COMENTÁRIO PODE SER ANÔNIMO)