PETROBRAS perde no TST ação trabalhista Bilionária

Não há como negar que a situação de PETROBRAS é uma das piores dos últimos anos. Apesar do respiro por conta das ações da Lava Jato encontramos hoje uma situação bem preocupante.

As ações da Petrobras nos EUA após o horário comercial caíram mais 2,55% terminando em US$9,17. No horário normal do pregão o fechamento tinha sido de US$9,41 uma queda de 4,22%. Somando ambas as quedas posso deduzir que o saldo corretivo foi de pelo menos -6.77%. Provavelmente nesta sexta-feira teremos uma abertura em GAP nas ações da Petrobras.
O MOTIVO DE TUDO ISSO? PROVAVELMENTE A AÇÃO TRABALHISTA NO TST
A PETROBRAS foi derrotada no TST (21/06/2018) num julgamento bem apertado pois foram 13 votos contra 12. O grande problema dessa derrota é que criou-se um ônus trabalhista, para a empresa, de aproximadamente R$15 BILHÕES para complementar salários dos empregados ativos e aposentados. O dano não se limita a isto, com base nesse julgamento, cria-se também um ônus extra anual de aproximadamente R$2 bilhões nas contas da empresa.
O que eu acho disso tudo? Salários muito altos para uma Estatal subserviente do ESTADO, não tinha como dar financeiramente certo, uma hora a “bomba dos custos ” ia estourar.
Para aqueles que gritam o PETRÓLEO É NOSSO, lembre-se que esse rombo pode acabar sendo NOSSO!
Abaixo segue o estudo gráfico de PETR4 cujo alvo principal ainda não foi atingido e agora tem tudo para voltar aos R$13,00.
Por mais uma vez, não vejo motivo para apostar nessa empresa, exceto para especular em determinadas condições do curtíssimo prazo.

Ductor Marcus

+20 anos no Mercado Financeiro possui MBA em Finanças com Ênfase em Mercado de Capitais, é Advogado Tributarista, Teólogo e Professor. Pode ser encontrado diariamente no Twitter publicando comentários relevantes sobre o Mercado Financeiro e das Criptomoedas. ---- AVISO --- Todo o conteúdo desse site baseia-se exclusivamente na opinião dos escritores não fazendo qualquer tipo de recomendação de investimento. Não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos ou incidentais), custos e lucros cessantes. --- Legislação --- Este site é mantido em conformidade com a Constituição Federal de 1988 no seu Art. 5°, IX : "É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;"

Deixe um comentário.